A verdade que nunca ninguém contou a você sobre a perda de medidas

Surpreendentemente, a perda de medidas é um assunto que preocupa muitas mulheres. De fato, o corpo feminino vive mudando: hormônios, ganho de peso, estresse, retenção de líquidos a lista do que faz você ter pneuzinhos é incontável.

A verdade é que, em um país como o nosso, onde a busca pelo corpo ideal é enfatizada na televisão e nas redes sociais quem não está no peso ideal pode se sentir chateada.

Afinal, em alguns momentos perder medidas parece algo difícil de se conseguir a curto prazo, não é mesmo?

Da mesma forma, aposto que você tem uma amiga ou parente que tem cinturinha e pode usar qualquer roupa, do vestido até aquele jeans justo de cintura baixa. Então, como pode algumas mulheres terem medidas iguais a época da adolescência até hoje mesmo tendo filhos e outras não conseguem perder a barriga de jeito algum?

É provável que, esteja lendo esse texto agora justamente para entender qual a melhor forma de queimar gordura abdominal e ter um estilo de vida saudável.

Portanto, para te ajudar pesquisamos as tendências do momento para te contar a verdade sobre a perda de medidas.

Para entrar em forma o quanto antes continue lendo esse artigo!

Perda de medidas usando a alimentação

Em primeiro lugar, vigiar o que você come é um dos caminhos para te mostrar o porquê está ganhando peso. Com o intuito de perder medidas manter alimentos no prato que ajudam a emagrecer e queimar gordura é o primeiro passo para voltar a forma.

Só para exemplificar, em uma busca no principal site de pesquisas na internet existem mais de 37 milhões de resultados sobre perda de medidas. Inegavelmente, a maioria dos textos online está dividida em três partes:

  • Uma parte se refere aos alimentos que consumimos e que podem aumentar os índices de gordura corporal;
  • Em segundo lugar estão as consequências que a vida moderna traz no aumento de peso;
  • Logo a seguir temos efeitos estéticos que ajudam a perder medidas rapidamente.

Todo mundo sabe que alimentos industrializados e guloseimas são tão prejudiciais como gostosos.

Assim como a natureza nos presenteou com alimentos ricos em nutrientes que ajudam a perder medidas naturalmente. Esses emagrecedores naturais são verdadeiros remédios que podem ser consumidos em todas as refeições.

Assim, vamos falar um pouco mais sobre como a alimentação interfere na sua forma física.

Coma fibras solúveis diariamente

De acordo com estudo publicado na Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos a ingestão de fibras solúveis é garantida para diminuir o índice de gordura corporal.

A fim de comprovar essa teoria 1.100 pessoas foram observadas. Logo depois os médicos descobriram que o grupo que ingeria 10 gramas a mais de fibras solúveis conseguiu reduzir em 3,7% o acúmulo de gordura na barriga.

Sob o mesmo ponto de vista a perda de medidas com a dieta rica em fibras solúveis é duradouro. Os voluntários tiveram redução de acúmulo de gordura durante 5 anos aproximadamente.

Só para ilustrar, a fibra solúvel resolve a gordura abdominal pois em contato com o sistema digestivo é capaz de formar um gel que diminui a velocidade da digestão dos alimentos. Esse efeito possui, em suma, três vantagens:

  • Aumenta a sensação de saciedade,
  • Acaba com sua fome durante o dia;
  • Diminui os níveis de gordura no sangue.

Uma vez que nossa alimentação é rica de alimentos que são fonte de fibra solúvel ingerir 10 gramas dessa substância é fácil e prático. Caso você não saiba, os alimentos que são fontes naturais de fibras solúveis são:

  • Aveia;
  • Banana;
  • batata-doce;
  • Chia;
  • Couve-flor;
  • Laranja;
  • Limão;
  • Linhaça;
  • Maçã;

Aumente a ingestão de proteínas

As dietas com alta ingestão de proteínas já estão na moda há algum tempo. O que você talvez não saiba é que a ingestão desse tipo de nutriente pode te ajudar a perder medidas.

No momento em que comemos alimentos ricos em proteínas o organismo aumenta a produção do hormônio PPY.

Antes de mais nada o PPY é um hormônio produzido no intestino que ajuda a diminuir o apetite. Dessa maneira a ingestão de alimentos vai diminuindo naturalmente enquanto a ingestão de proteínas for constante.

A Revista da Associação Médica Brasileira divulgou que o PPY pode reduzir os índices de pessoas obesas. Em simulação com um grupo de 24 pessoas metade delas tomaram suplemento de PPY simulando a ingestão de proteínas.

Nesse meio tempo o grupo que recebeu PPY diminui a ingestão de alimentos em 30%, o que ajudou a reduzir os índices de gordura corporal e perder medidas.

Sem dúvida uma das vantagens de comer proteína é retenção muscular durante a perda de peso. Por conseguinte, educadores físicos também recomendam a ingestão de proteínas para ganhar músculos.

As fontes de proteínas saudáveis:

  • Arroz cozido;
  • Carne de frango;
  • Grão de bico;
  • Iogurte;
  • Kefir;
  • Leite;
  • Lentilha;
  • Ovo;
  • Queijo;
  • Quinoa;
  • Salmão grelhado.

Perda de medidas reduzindo o estresse

Anteriormente o estresse não era apontado como fator de mudanças no tipo físico de uma pessoa. Então, muitas mulheres viviam de dieta e acabam não vendo resultados na balança.

Hoje, é provado que quando você está nervosa, ansiosa ou deprimida a sua vontade de comer alimentos gordurosos aumenta. Já que a vida da mulher moderna é repleta de desafios ter uma rotina estressante é algo muito comum.

Cuidar da casa, filhos, manter um relacionamento amoroso e ainda trabalhar e estudar pode ocupar o seu tempo por completo. Equilibrar suas atividades para achar um tempo só para você é fundamental para aumentar sua autoestima.

Por que o estresse engorda?

Estados prolongados de estresse estimulam as glândulas suprarrenais a produzir cortisol.

Em síntese, esse hormônio manda um comando ao cérebro para que peça comida cada vez mais. Desse modo, quanto mais você come, mais engorda.

Outro ponto negativo do cortisol é o aumento da gordura abdominal. Verdade seja dita, ninguém merece gordura localizada na barriga!

O tipo físico feminino já possui uma tendência natural para acumular gordura na região da barriga, quadris e coxas. Qualquer alteração no peso já pode causar efeitos na hora de usar uma calça justa ou vestido para sair.

Estresse e distúrbios no sono

Os períodos de descanso sofrem alteração em mulheres com estresse. Dificuldade para dormir, a longo prazo, pode afetar o seu metabolismo. O ideal é dormir oito horas a cada noite.

Esse é o tempo ideal para que o corpo possa se reestabelecer da rotina do dia anterior e te dar energia e bom humor para manter o foco durante o trabalho.

Para diminuir o estresse os especialistas recomendam fazer atividade física regularmente e exercícios de meditação e relaxamento.

Como perder medidas em tempo recorde?

A menos que você esteja satisfeita com as suas curvas hoje quem quer perder medidas deseja que isso aconteça o mais rápido possível.

Mudar a alimentação, fazer exercícios físicos e ter uma rotina menos estressante são coisas que dão resultado.

Porém, antes de começar é preciso consultar um médico, procurar uma academia, preparar seu cardápio com um nutricionista e rever seu estilo de vida.

Começar a enxergar a perda de medidas precisa de alguns meses, foco e paciência.

Se a sua busca por medidas tem uma data em especial usar acessórios para ter um manequim a menos pode ser a solução.

Perda de medidas com cinta modeladora

A cinta modeladora está em alta como redutor de medidas. Com toda a certeza o acessório nunca saiu do armário feminino. Nos últimos anos as redes sociais como o Instagram viralizaram o que as mulheres inteligentes já sabiam: as famosas usam cintas modeladoras o tempo todo!

Para quem ainda não comprou uma, a cinta é, em resumo, a roupa especialmente projetada para comprimir a região abdominal e realçar as curvas femininas. Seu design tem como inspiração os espartilhos, acessório usado durante anos para afinar a cintura.

Se, no passado, o espartilho era desconfortável, a cinta modeladora é diferente. Quando usamos o produto no tamanho e na regulagem certa é possível permanecer horas com o acessório. Falando nisso, existem até cintas especiais para serem usadas na academia e ajudam a potencializar os exercícios físicos na região abdominal.

Vale a pena lembrar que o efeito é imediato. Desde o primeiro uso a cinta diminui a barriga, melhora a postura e reduz medidas.

Mulheres que sofrem com o efeito sanfona podem usar a cinta naqueles momentos onde os quilinhos a mais teimarem em aparecer. Aliás, ninguém vai perceber que está usando a peça. As cintas modeladoras de qualidade são projetadas para ficarem imperceptíveis.

Vale a pena ter uma cinta modeladora?

A cinta modeladora é uma aliada na busca por um corpo bonito. Quem está recuperando a forma após o parto ou está de dieta pode usar a cinta durante esse período para ajudar o corpo a memorizar as curvas de antes.

A cinta é um produto de uso estético projetado para te ajudar a perder medidas e modelar a cintura. Vale a pena investir nessa peça para ajudar a ter de volta a sua autoestima e poder usar a roupa que quiser em todos os momentos.

Escolha o modelo que mais tem a ver com seu objetivo e faça as pazes com o espelho novamente!

Veja mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.