Porque usar a cinta modeladora após a abdominoplastia

Você tentou de tudo para ter um abdômen definido, mas nada adiantou? Supreendentemente nosso corpo nem sempre reage como o esperado mesmo fazendo exercícios e reeducação alimentar, não é mesmo?

Muitas vezes a abdominoplastia acaba sendo necessária para deixar o corpo novamente do jeito que desejamos. Seja pelo excesso de peso, seja após a gravidez a verdade é que esse tipo de cirurgia é cada vez mais comum não apenas no Brasil, como em outros países também.

Entretanto, sabemos que o sucesso do procedimento depende do comportamento do paciente durante o pós-operatório. Assim, todas as recomendações médicas devem ser seguidas para que a barriga fique chapada e a cinturinha fina volte a aparecer depois da recuperação.

Sob o mesmo ponto de vista a cinta modeladora aparece como uma aliada nesse período tão importante. Se acaso ainda tem alguma dúvida sobre o uso da cinta e porque esse acessório é recomendado veio ao lugar certo.

Vou mostrar a importância da cinta na modelagem do corpo e quais benefícios uma pessoa que passa pela abdominoplastia encontra ao usar a peça no dia a dia.

Leia o texto até o final e fique sabendo de tudo agora mesmo!

O que é abdominoplastia?

Só para ilustrar, a abdominoplastia é uma cirurgia plástica. O procedimento é caracterizado pela remoção do excesso de pele da parte abdominal.

A cirurgia é considerada como um procedimento agressivo em comparação a outras opções como a lipoaspiração. Isso acontece porque na abdominoplastia a pele bem como toda a gordura em excesso são cortadas de uma vez só.

Vale a pena lembrar que a cirurgia não é indicada para emagrecimento. A perda de peso precisa acontecer antes do procedimento.

Quando você engorda rápido e emagrece vários quilos a pele não consegue acompanhar o processo. Isso pode ser visto quando a pele fica sobrando e esse excesso não consegue desaparecer mesmo após algum tempo do emagrecimento.

Basicamente, você faz as pazes com a balança, porém ao se olhar no espelho o visual não é exatamente o esperado. Contudo o procedimento existe para eliminar esse efeito colateral do emagrecimento

Para quem a abdominoplastia é indicada?

Na maioria das vezes os médicos podem recomendar a abdominoplastia nas seguintes ocasiões:

  • Diástase abdominal;
  • Remoção de pele após obesidade.

A diástase é comum após a gravidez ou em situações de ganho e perda de peso. Quando não tratada a diástase pode causar dor lombar e flacidez na barriga.

Só para exemplificar, o ganho de peso afasta os músculos retos abdominais modificando a aparência da região.

Outra recomendação usual da abdominoplastia é ser uma cirurgia reparadora logo depois da cirurgia bariátrica, quando o paciente precisa ter aparência equivalente a perda de peso obtida após a intervenção.

Em segundo lugar, a abdominoplastia pode ser indicada para quem foi obeso pois o excesso de gordura estica a pele que precisa ser retirada através de uma intervenção cirúrgica.

Quem teve estrias na barriga pode se livrar delas ao fazer a abdominoplastia. A técnica remove a pele inclusive partes que possam ter tido estrias. Ao recolocar o músculo no lugar e retirar o excesso de pele usa-se o tecido que não tem estrias.

O que fazer depois da cirurgia?

Conforme o paciente recebe alta é hora de começar a ajudar o corpo a se recuperar o mais rápido possível.

Para evitar desconforto e voltar a rotina adote esses cuidados diários.

Evitar fazer esforço físico

Pode até não parecer, mas, ao pegar objetos pesados você realiza contração nos músculos da região abdominal.

Esse esforço é algo natural e programado pelo próprio corpo. Contudo, se está passando pela recuperação de uma abdominoplastia os músculos e a pele precisam de um tempo para a cicatrização.

Aliás, de duas as três semanas após a internação o repouso deve ser absoluto. Então, o melhor a fazer é ficar em casa, relaxar e ter um tempo para você.

Aos poucos vá retornando a sua rotina de trabalho, sempre com o acompanhamento do seu médico.

Evitar atividade física

O treino na academia deve ser deixado de lado ao menos nas primeiras semanas.

As atividades físicas, mesmo de baixo impacto exigem resposta dos músculos do core e essa região também está em recuperação por causa da sua cirurgia.

De acordo com especialistas para ter a barriga tanquinho novamente o ideal é não levantar pesos nos quatro primeiros meses após a abdominoplastia.

Se proteger dos raios solares

A exposição solar pode afetar a cicatrização da sua pele. Pode ser que a pele fique com manchas arroxeadas ou avermelhadas o que a tornam sensível aos raios solares.

Use sempre protetor solar depois que for liberada pelo médico para banho de sol, seja em casa, na praia ou piscina.

Posso engravidar após uma abdominoplastia?

A mulher pode ter uma gestação após a abdominoplastia já que o procedimento não tem ligação com o crescimento do útero. O tempo completo de recuperação dos tecidos da barriga é de doze meses. Então, em um ano a gestação pode acontecer normalmente.

Entretanto, quando a mulher pensa em engravidar nos próximos meses o mais indicado é ter o bebê antes de passar pelo procedimento.

A recomendação pode ser feita por alguns médicos. Isso acontece pois ainda existe uma possibilidade de ocorrer nova diástase logo depois à gestação.

Agora se a gestação acontece após a cirurgia o acompanhamento médico é direcionado somente para que o ganho de peso seja o ideal para garantir a saúde do feto e manter o peso dentro do adequado para que a gordura não fique acumulada em pneuzinho s na região abdominal.

Cinta modeladora e abdominoplastia

Talvez você saiba, talvez não, mas toda cinta modeladora é pensada para ser uma roupa de compressão.

A princípio ela é feita com uma modelagem padrão para comprimir a área desejada por motivos estéticos ou de saúde.

Ao passo que os tecidos da nossa pele precisam de algum tempo para memorizar a posição planejada pelo cirurgião a cinta modeladora será uma espécie de molde que vai garantir o corpo violão de volta.

Como usar a roupa modeladora?

Com toda a certeza os primeiros dias serão o momento onde a cinta será sua melhor amiga.

Inegavelmente você vai usar a cinta na primeira semana após a cirurgia o tempo todo. Nesse ínterim o banho com chuveiro não é indicado. Para fazer a higienização da pele use apenas lenços umedecidos ou uma toalha úmida.

De fato, após esse período a cinta pode ser retirada para tomar banho e conforme a orientação do seu médico. No início o banho deve ser rápido tomando cuidado com a temperatura da água e o tipo de sabonete utilizado para não comprometer a cicatrização da incisão na pele.

Em média o uso da cinta após a abdominoplastia deve ser feito por um mês e meio.

Qual a indicação da cinta modeladora após a cirurgia?

Quando se usa uma cinta modeladora de qualidade é possível perceber três benefícios em pouco tempo.

Primeiramente a compressão vai ajudar a fixar a pelo no lugar, evitando complicações na aparência da barriga.

O segundo fator indicado pelos médicos é que a compressão aumenta a circulação sanguínea no abdômen. Em suma, a circulação favorável minimiza obstrução nas veias afastando riscos de trombose.

Do mesmo modo o inchaço causado pela alteração na pele pode ser evitado com o uso constante da cinta modeladora. No caso de pacientes que tinham estrias a cinta ajuda a manter a pele firme evitar queloides e prevenir o surgimento de novas estrias.

Que tipo de modeladora devo usar?

Visto que a cetinete de alta compressão é o tecido com tecnologia para modelar sem incomodar esse material é o mais usado pelas fabricantes de modeladores hoje em dia.

O que fazer para manter a cintura fina?

Ao conseguir eliminar o excesso de pele e ganhar curvas homens e mulheres que se submetem ao procedimento desejam manter a boa forma.

Alterações no peso corporal podem comprometer a firmeza da pele. Ganhar peso pode trazer problemas de saúde relacionados à obesidade. Já emagrecer demais deixa a pele flácida como um todo.

Adote um estilo de vida saudável com uma alimentação balanceada. Retire alimentos gordurosos, fast food, bebidas alcóolicas e cigarro do seu dia.

Posso continuar usando a cinta modeladora depois da abdominolastia?

É comum a pessoa continuar usando cinta uma vez que já se adaptou com o acessório. A cinta modeladora pode ser usada normalmente durante o dia e tem a vantagem de ser imperceptível por baixo da roupa que desejar usar.

Para diversificar as principais marcas trouxeram referências de moda para as cintas modeladoras.

Uma mulher pode ter peças além do bege e das cores tradicionais. Surpreendentemente modelos com cores vivas, estampas e alguns detalhes são os mais populares sendo inclusive vistos com frequência nas redes sociais de influenciadoras e personalidades famosas.

Fazer abdominoplastia é uma opção para ter um corpo bonito e que combine com a sua personalidade. Ao aliar o uso da cinta modeladora, como vimos, é possível obter melhores resultados e inclusive aderir a um novo estilo de vida.

Agora que já sabe como a cinta pode melhorar sua vida hoje use as dicas que leu aqui a seu favor o quanto antes.

É comum a pessoa continuar usando cinta uma vez que já se adaptou com o acessório. A cinta modeladora pode ser usada normalmente durante o dia e tem a vantagem de ser imperceptível por baixo da roupa que desejar usar.

Para diversificar as principais marcas trouxeram referências de moda para as cintas modeladoras.

Uma mulher pode ter peças além do bege e das cores tradicionais. Surpreendentemente modelos com cores vivas, estampas e alguns detalhes são os mais populares sendo inclusive vistos com frequência nas redes sociais de influenciadoras e personalidades famosas.

Fazer abdominoplastia é uma opção para ter um corpo bonito e que combine com a sua personalidade. Ao aliar o uso da cinta modeladora, como vimos, é possível obter melhores resultados e inclusive aderir a um novo estilo de vida.

Agora que já sabe como a cinta pode melhorar sua vida hoje use as dicas que leu aqui a seu favor o quanto antes.

Veja também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.